A princípio, os drones foram criados para fins militares, entretanto essa tecnologia vem se tornando cada dia mais comum em atividades comerciais e industriais, em ascensão ao redor do mundo. Um das aéreas que adotou a novidade foi a engenharia. Os drones para engenharia crescem sempre e causam alterações positivas e vantajosas para a indústria. Veja a seguir quatros nichos dessa área em que a tecnologia em drones causou mudanças produtivas.

 

 

Pela facilidade e estabilidade que os profissionais encontram em controlar um drone, é possível paras as construtoras agora estudarem o avanço de prédios e amplas estruturas de ângulos que outrora eram irrealizáveis. Dessa maneira, pode-se planejar melhor cada um dos passos de uma obra e aperfeiçoar as avaliações comerciais.

Entre os benefícios que esses drones para engenharia oferecem estão o alcance e a segurança, reduzindo índices de acidentes de trabalho, pois esses drones podem chegar a lugares longínquos, além do baixo custo que dispensa a contratação de aeronaves que antes eram feitas para gerar as imagens áreas das obras.

Topografia com drones (Fotogrametria)

Graças à tecnologia dos drones para engenharia, tornou-se possível fazer aerofotometrias, mapeamentos e imagens aéreas para descrição topográfica do formato do terreno, tudo em em tempo record, o que antes era só realizado em vários dias por equipes de topógrafos no local. Os drones para engenharia registram informações, capturam imagens a cada um ou dois segundos de vôo. Assim, além do equipamento produzir imagens e possibilitar medições com precisão, gera registros fotográficos.

Com a utilização da tecnologia os produtos são mais detalhados do que a topografia convencional, devido à quantidade de pontos serem maior, o terreno terá a sua definição mais próxima da realidade. A operação também é possível ser realizada com apenas um homem em campo, sendo assim é um sistema mais produtivo, e claro, mais econômico.

Nuvem de pontos

Uma nuvem de pontos é formada por pontos que retratam coordenadas cartesianas. Esses pontos são usados para recriar precisamente um local, uma construção, um objeto ou uma pessoa. Os pontos são criados através das fotos captadas pelo drone.

Desse modo é possível obtenção de informações e dimensões, garantindo enorme precisão para nuvem de pontos, mas exige do profissional conhecimento e habilidade, tal qual hardware e software.

Manutenção de edifícios e outras estruturas

Os veículos aéreos são aliados relevantes na inspeção de estruturas de pontes e edifícios, mesmo não dispensando a intervenção de um técnico o equipamento é de grande ajuda. Na Alemanha estão usando pequenos drones de oito rotores para acelerar e facilitar a vigilância do patrimônio do país que se encontra em estado de degradação estrutural.

O equipamento está equipado com câmeras de alta resolução e de imagem térmica, fornecendo centenas de fotografias por minuto, juntamente com essas imagens, o drone recolhe informações a distancia e posicionamento, assim permite a geração automática de modelos bidimensionais e tridimensionais da estrutura em controle.

Ao contrário dos métodos tradicionais, o novo sistema possibilita um tempo significativamente reduzido na inspeção, podendo ser feito em apenas três a quatro horas, o que leva dias no modo tradicional, além de o mecanismo possuir uma operação amena e silenciosa, apesar de seus oito motores elétricos.

 

Esses foram apenas alguns dos ramos dentro da área de Engenharia que tiveram transformações benéficas com o uso da tecnologia dos drones, e a tendência é expandir a inovação para outros setores.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *